naoquerofalardesexo
Maria Nicanor

misfit toy

01.11 02.11 03.11 04.11 05.11 06.11 10.11 11.11 12.11 01.12 02.12 03.12 04.12 05.12 06.12 07.12 10.12 11.12 12.12 01.13 02.13 03.13 04.13 05.13 06.13 07.13 08.13 09.13 10.13 11.13 12.13 01.14 02.14 03.14 05.14 03.17

Follow Me
Facebook
Twitter

31 janeiro 2013


Com a vida aprendes que nada dura para sempre; que as feridas abrem, que as mágoas nascem, que se cosem estes golpes ou que os deixamos cicatrizar por si e que, vilmente, o universo conspira para que se abram de novo, e de novo, uma e outra vez. Testam-nos o sorriso, a garra, a força.. quanta dor couber neste perfeito coração. 
E eu, eu não sei quanto mede um coração ou com quanto aguenta.. Dizem que sou artista mas nem sequer sei com quantas cores se pinta amor. Mas tu, tu sabias, pois não houve nunca neste planeta, nem mesmo naqueles em que a vida ainda não foi por suposto reconhecida, coração maior e mais capaz de amar e perdoar e amar outra vez. Custa-me a crer que jamais verei tua tez pálida e as rugas que a velhice não perdoou, das tristezas que o tempo não curou; teu cabelo cor de cal feito da sabedoria e valentia da maré brava que leve, docemente, acaricia a areia e as torna um; teus olhos, que tanto viram, que não mentiam quando dizias ser por amor. 
Lágrimas inundam-me os olhos. Não me verás acabar o secundário nem dizer que faço muito bem em escolher o curso que quero escolher.. Não me vais acabar de ensinar a costurar, nem revelar o truque de como fazer saias de pregas. Não serás, como sempre desejei, a primeira a quem apresentarei um namorado meu, que de imediato aceitarias como sangue do teu sangue desde que eu estivesse feliz. Não irás ler o manuscrito do meu livro e ser a sua única e fiel fã. 
Quero que saibas que sempre te julguei eterna e que esse talvez tenha sido o meu maior erro.. e que, se eu soubesse que a última vez que te teria nos meus braços seria a última, ter-te-ia abraçado e nunca te teria deixado ir. 
Desculpa se não te disse o quanto te amava mais vezes, mas sempre tive medo das palavras e da intensidade com que se ama. Desculpa se não sei cantar como sonhas-te que um de nós faria. 
Como a Sininho uma vez disse ao Peter Pan, "Sabes aquele sítio entre o estar acordado e o estar a dormir? Aquele sítio onde ainda te consegues lembrar dos sonhos? É aí que te vou sempre amar. É aí que vou estar à tua espera". 
Acho que o teu céu precisava de um herói, alguém como tu.
0 ♣


/