naoquerofalardesexo
Maria Nicanor

misfit toy

01.11 02.11 03.11 04.11 05.11 06.11 10.11 11.11 12.11 01.12 02.12 03.12 04.12 05.12 06.12 07.12 10.12 11.12 12.12 01.13 02.13 03.13 04.13 05.13 06.13 07.13 08.13 09.13 10.13 11.13 12.13 01.14 02.14 03.14 05.14 03.17

Follow Me
Facebook
Twitter

23 fevereiro 2011


Sabem o que eu adoro? Aqueles rapazes que só vemos uma vez na vida, aqueles que nos fazem sorrir e que nem sequer chegam a ter alguma importância.
Para mim os melhores são aqueles que vejo no metro. Trocamos olhares, sorrisos e a seguir nunca mais nos vemos. Assim nunca chegamos a perceber que esse rapaz é igual aos outros.
Hoje aconteceu-me uma coisa engraçada: estava no metro com a Bárbara e enquanto remexia na carteira o metro entrou em andamento e eu, com as mãos ocupadas, não estando agarrada a nada ia-me desequilibrando. Ainda bem que me seguraram. Primeiro, pensei que fosse algum homem nojento mas quando olhei para trás o ex-homem nojento tinha o cabelo rente à cabeça, olhos verdes, um pouquinho mais de altura que eu e sorria-me agarrando a minha cintura. Disse obrigada umas quantas vezes e de todas obtive um sorriso enorme.
O sorriso dos outros já não me comove, é sempre o mesmo, ora mais falso ou mais verdadeiro, agora os estranhos sorriem de uma maneira que nos deixa a matutar o que estará por trás daquele sorriso.
Acho que o melhor dos estranhos é não os conhecermos, assim podemos pensar que há pessoas perfeitas.
12 ♣


/